quinta-feira, 20 de março de 2014

Então sou só eu que é vil e erroneo nesta terra?


Toda a gente que eu conheço e que fala comigo
Nunca teve um ato ridículo, nunca sofreu enxovalho,
Nunca foi senão príncipe — todos eles príncipes — na vida…

Quem me dera ouvir de alguém a voz humana
Que confessasse não um pecado, mas uma infâmia;
Que contasse, não uma violência, mas uma cobardia!
Não, são todos o Ideal, se os oiço e me falam.
Quem há neste largo mundo que me confesse que uma vez foi vil?
Ó príncipes, meus irmãos,

Arre, estou farto de semideuses!
Onde é que há gente no mundo?

Fernando Pessoa

terça-feira, 11 de março de 2014




Seremos nós neste mundo apenas canetas com tinta 
Com que alguém escreve a valer o que nós aqui traçamos? 

Álvaro de Campos 


segunda-feira, 10 de março de 2014

Move on

Podem existir diferentes
caminhos a escolher
destinos a optar
sentimentos a considerar
mudanças a lidar
decisões a eleger
mas a vida



A vida só tem uma direcção,
e é essa que deves seguir.


terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Faz por merecer


Pára de lamentar
E vive
Pára de exigir
E vive 

Pára de apenas querer e vai à luta!
 Vive o que tens da forma como tens e conquista os teus sonhos, conquista a tua vida, faz por merecer o que tanto queres.




segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Keep moving




Infelizmente é assim que muitas pessoas se sentem…

O que fazer quando no seu íntimo sente que as forças já se esgotaram? Que já não corre, já só caminha e em esforço. Um esforço que já não faz por si, nem necessariamente pelos outros, mas porque tem de ser. Porque não pode desistir.
E como continuar se não existem forças, nem vontade? Não importa! Tem de continuar a tentar, continuar e continuar. Não pode desistir pelos outros, não pode desistir porque lhe pedem para não desistir, não pode desistir porque há sempre alguém a querer que acredite que amanhã tudo se resolve, tudo melhora. Mas como acreditar nisso se no seu íntimo isso já não importa mais? Já se esgotaram as forças e simplesmente continua por continuar. E vai seguindo com a vida descrente de qualquer coisa, descrente numa amanhã, porque o hoje já não faz mais sentido… 




Mas continuem!
Por mais vazio e desprendido 
que seja esse continuar, continuem! 
Pois o amanhã vai ser sempre diferente.
 podem não acreditar no amanhã, 
mas não deixem de sonhar!